Pesquisar

Minhas Redes Sociais – Nosso contato direto com você

No link abaixo nosso contato e nosso endereço de redes sociais. Siga-nos nestas Redes Sociais e tenha sempre acesso as informações que publicamos regularmente.



CLIQUE AQUI!

terça-feira, 4 de abril de 2017

Eficácia do ácido valpróico oral em pacientes com retinose pigmentar.

Eficácia do ácido valpróico oral em pacientes com retinite pigmentosa.

OBJETIVO:

Avaliar a eficácia do ácido valproico 
na função visual em pacientes com retinite pigmentosa (RP).

MÉTODOS:

Trinta pacientes (60 olhos) com RP típico foram recrutados para o estudo. Destes, 15 doentes receberam VPA oral (500 mg uma vez por dia) durante um período de 1 ano (grupo 1) e os restantes 15 não receberam tratamento (grupo 2) e serviu como controlo. O efeito do VPA sobre a função visual foi determinado em termos de acuidade visual, amplitude e tempo implícito na eletrorretinografia multifocal (mfERG), e resposta visual evocada (VER) realizada na apresentação e no terceiro mês, sexto mês e 1 ano em ambos Grupos. Os efeitos secundários do VPA oral foram também monitorizados.

RESULTADOS:

No seguimento de um ano, 14 dos 15 pacientes do grupo 1 apresentaram melhora na mediana da acuidade visual melhor corrigida (BCVA) de 1,8 [intervalo (R) 1-3] na linha de base para 1,3 (R, 0,6-1,3) (P <0,001). Em contraste, houve uma ligeira diminuição no BCVA mediano de 1,8 (0,8 - 3) logaritmo do ângulo mínimo de resolução (logMAR) no início do estudo para 1,83 (P = 0,3) no braço de controlo. Houve também um aumento estatisticamente significativo na melhora da amplitude e latência / tempo implícito em mfERG e VER neste grupo (P <0,001). Contudo, não se observou tal melhoria no braço de controlo.

CONCLUSÕES:

Assim, o VPA parece ter um efeito positivo sobre as funções visuais em pacientes com RP. Estudos de longo prazo que avaliem as modificações de dose, análise genética e mudança em campos visuais irão aumentar nosso conhecimento atual.

Fonte :
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24955739
Créditos: página doenças da visão no Facebook.

Nenhum comentário:

Postar um comentário