Pesquisar

Minhas Redes Sociais – Nosso contato direto com você

No link abaixo nosso contato e nosso endereço de redes sociais. Siga-nos nestas Redes Sociais e tenha sempre acesso as informações que publicamos regularmente.



CLIQUE AQUI!

domingo, 17 de setembro de 2017

Efeito do ácido valproico muito pequeno no teste clínico de um ano.

Efeito do ácido valproico muito pequeno no teste clínico de um ano-por Ben Shaberman em 1 de junho de 2017No entanto, os pesquisadores identificam um ponto final potencialmente poderoso para avaliar as terapias emergentes em estudos futuros.Os resultados de um ensaio clínico patrocinado pela Fundação Fighting Blindness Clinical Research Institute (FFB-CRI) indicam que o ácido valproico, um medicamento aprovado pela Food and Drug Administration dos EUA para distúrbios convulsivos, não preservou suficientemente a visão em pessoas com retinite pigmentosa autossômica dominante (adRP). A FFB-CRI lançou o estudo de 90 pessoas em 2010, porque pesquisa de laboratório anterior e um relatório clínico publicado envolvendo alguns pacientes, sugeriram que a droga poderia retardar a perda de visão em pessoas com adRP.
Embora uma terapia para adRP não saia do ensaio clínico, os investigadores do estudo avançaram o desenvolvimento de uma nova medida de resultado conhecida como EZ Area para avaliar rápida e precisamente possíveis terapias para RP em estudos humanos. O desenvolvimento significativo da medida também veio de um estudo clínico financiado pelo FFB de ácido docosahexaenóico (DHA) para pessoas com retinite pigmentosa ligada ao X, conduzida pela retina Foundation of the Southwest em Dallas.Em termos simples, a EZ Area mede o número de fotorreceptores viáveis ​​que permanecem na retina de um paciente. As mudanças na área EZ se correlacionam com mudanças na visão. No entanto, EZ Area pode identificar mudanças menores e sutis de forma mais confiável e expedita do que a acuidade visual e testes de campo visual. Em última análise, a EZ Area tem o potencial de reduzir o tempo e o dinheiro necessários para determinar se uma terapia potencial é salvar a visão em um estudo humano."É claro, esperávamos que o ácido valproico se tornasse uma terapia de economia de visão para pessoas com adRP, mas esse não era o caso. Nosso ensaio clínico foi essencial para determinar o benefício real da droga ", diz Patricia Zilliox, PhD, principal responsável pelo desenvolvimento de drogas, FFB-CRI. "No entanto, há um revestimento prateado para esta história. Nós temos um novo ponto de avaliação do ensaio clínico, área EZ e outras métricas relacionadas ao teste, que serão de grande ajuda no avanço de outras potenciais terapias RP. Muitas empresas e desenvolvedores de terapia estão planejando usar a medida de resultado em futuros estudos em humanos ".O ensaio clínico de ácido valproico foi projetado usando metodologias científicas fortes. O estudo, realizado em seis sites, foi mascarado e controlado, o que significa que a metade dos participantes recebeu um placebo, metade recebeu a droga e nem o participante nem o investigador sabiam quem estava recebendo a droga atual. Além disso, a determinação de quem obteve a droga ou um placebo foi feita completamente ao acaso."É fundamental que, quando possível, utilizemos uma forte abordagem científica para avaliar a eficácia de uma terapia potencial", diz Stephen Rose, PhD, diretor de pesquisa da FFB. "Ao fazer isso no teste de ácido valproico, reduzimos muito a chance de preconceitos e imprecisões e podemos nos sentir confiantes de que obtivemos resultados verdadeiros"."Eu acredito que é importante para as pessoas e famílias afetadas por doenças retinianas entender que FFB-CRI está empenhada em fazer tudo o que pode para obter as respostas certas. Tanto quanto queremos drogas que funcionam, não queremos acreditar falsamente que algo está salvando a visão quando realmente não é ", diz o Dr. Zilliox. "É preciso muito dinheiro e experiência em desenvolvimento de drogas para realizar um estudo humano sólido de uma terapia em potencial, mas nosso investimento neste ensaio clínico valeu a pena, porque obtivemos resultados precisos, bem como um novo ponto final para avançar melhor os estudos futuros ".

Fonte:http://www.blindness.org/blog/index.php/valproic-acids-effect-too-small-in-one-year-clinical-trial/

Nenhum comentário:

Postar um comentário