Pesquisar

Minhas Redes Sociais – Nosso contato direto com você

No link abaixo nosso contato e nosso endereço de redes sociais. Siga-nos nestas Redes Sociais e tenha sempre acesso as informações que publicamos regularmente.



CLIQUE AQUI!

sábado, 19 de maio de 2018

Nova Retina Artificial é ultrafina, sem silicone e sem fio

Uma equipe de cientistas suecos e israelenses revelou o mais fino implante de retina do mundo, feito de camadas de ouro e tinta de tatuagem orgânica. O dispositivo é sem fio, livre de silicone e 500 vezes mais fino do que os implantes de retina existentes, disseram os pesquisadores na revista Advanced Materials.
Se o implante se comportar tão bem em humanos quanto em modelos animais, algum dia ele poderá restaurar a percepção da luz para milhões de pessoas com condições degenerativas nos olhos, como retinite pigmentosa ou degeneração macular.
A plataforma é o mais recente esforço para criar uma solução sem fio para fotorreceptores defeituosos.
pesquisadores chineses criaram fotorreceptores artificiais a partir de uma série de nanofios recobertos de ouro e usaram suas próteses para restaurar a resposta à luz em um modelo de cegueira degenerativa.
Em vez de trocar fotorreceptores defeituosos por fotorreceptores artificiais, o novo dispositivo ultrapassa totalmente os fotorreceptores e atua diretamente nas células ganglionares da retina. A equipe construiu o dispositivo pintando 2 camadas de pigmento orgânico em uma camada de base de ouro. Eles imergiram este sanduíche supercondutor em uma solução de água salgada para imitar o ambiente ocular. Após a exposição à luz, eles relatam que o dispositivo se torna carregado e gera um campo elétrico que estimula os neurônios próximos.
Os pesquisadores testaram o sistema em neurônios cultivados e em retinas de embriões de galinha que ainda não haviam desenvolvido fotorreceptores. Em ambos os casos, o dispositivo gerou eletricidade suficiente para energizar os neurônios da retina.
Essa foi a maior conquista , disse o autor sênior Eric Glowacki, pesquisador da Universidade de Linköping na Suécia à Live Science. O dispositivo é o primeiro sistema optoeletrônico independente de não silicone capaz de gerar tal poder, diz ele. Ao contrário de alguns implantes comercialmente disponíveis o novo dispositivo realiza esse feito sem a ajuda de uma bateria externa ou outro hardware. E o uso de material orgânico pode reduzir o risco de rejeição por implantes à base de silicone.
A equipe agora está testando o dispositivo em coelhos vivos para ver se ele pode conferir uma resposta à luz vermelha, que os animais normalmente não conseguem detectar.
Publicação Feita Pela Pagina Doenças Da Visão
Fonte :
https://www.aao.org/headline/new-artificial-retina-is-ultra-thin-silicone-free-
New artificial retina is ultra-thin, silicone-free and wireless
aao.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário